terça-feira, 19 de maio de 2009

Do que sempre existiu...

"
ois...
olha isso,
encontrei na minha caixa de rascunho , na caixa de email,fragmento de email q jah havia mandado a vc

achei q fosse necessário enviá-lo novamente.
então,


...nosso olhar é algo q desnuda a alma, e a nossa despedida é algo não querido, e a sua presença e o nosso caminhar juntas é algo q tem sabor de eternidade, sabor de vida vivida no limbo, cheiro de mato e terra molhada... ...

é isso e eh verdade

e eu?
eu te desejo...

desde quando?
desde sempre!

e o problema?
sempre petreo , cogente, imutável...

e a lua?
impossível nao pensar em vc...

e eu?
eu continuo a te fitar mesmo q te longe...

e os ósculos??
pacientemente, eu espero...

e os designios?
ao te ver,aumentam em projeção geometrica..
.
e e vc?
continuarah sendo minha menina, SEMPRE...

e eu?
termino sempre com uma virgula (,) "



a resposta:

"o amor é quando a gente mora um no outro"

por: poesiabruta

Um comentário:

  1. na correria de camisa branca21 de maio de 2009 09:48

    ...ovos de ferro + sentimento de maduro = ????

    ResponderExcluir